IR: a contribuição de pessoa física deve sofrer mudanças

O texto base prevê o aumento do valor mínimo para isenção 

A tramitação da Reforma do Imposto de Renda teve o texto base aprovado pela Câmara Federal e vai seguir para o Senado. O contribuinte deve ser impactado pelas mudanças já que o valor mínimo para isenção passou de R$ 1.903,98 para R$ 2.500,00, gerando um maior número de pessoas isentas. Além disso, a divisão das alíquotas também foi alterada. Confira as mudanças:

  • Faixa 1 – até R$ 2.500: isento; 
  • Faixa 2 – De R$ 2.500,01 até R$ 3.200: 7,5%; 
  • Faixa 3 – R$ 3.200,01 até R$ 4.250: 15%; 
  • Faixa 4 – R$ 4.250,01 até R$ 5.300: 22,5%; 
  • Faixa 5 – Acima de R$ 5.300,01: 27,5%

Com as mudanças, estima-se que 16 milhões de pessoas serão isentas do pagamento, mais que 50% de aumento em relação ao número atual. Aém disso, o valor mensal pago pelos contribuintes também deve sofrer uma redução de R$ 57,70 para quem recebe R$ 3 mil e R$141,89 para quem recebe R$20 mil, podendo variar de acordo com o salário e o número de dependentes ou outras deduções. 

O texto base segue para o Senado e ainda pode ser modificado até entrar em vigor.

Gostou do conteúdo? Então continue lendo o blog da BWA!

Matéria escrita com conteúdo retirado do portal G1.

pt_BRPortuguese