Câmara aprova crédito para empreendedores que pode liberar até R$ 48 bilhões

O texto segue para o Senado Federal

A Câmara Federal aprovou a Medida Provisória 1057/21 que visa dar fôlego aos empreendedores e empreendedoras, parte importante na retomada da economia do país, com um programa de crédito para empresas. Para que isso seja possível, devem ser liberados cerca de R$ 48 bilhões.

Leia Mais...

Inadimplência recua para micro e pequenas empresas em agosto

Cerca de 5 milhões de empresas no vermelho 

Inadimplência recuou 0.9% na média nacional para micro e pequenas empresas em agosto em comparação com julho de 2021, segundo levantamento da Serasa Experian. Com isso, número indica uma recuperação desse tipo de empresa no Brasil que já soma 5,33 milhões de negócios endividados, menor valor desde o início da pandemia de Covid-19 em contraste com o auge logo no começo de 2020 com cerca de 5,8 milhões de inadimplentes. 

Leia Mais...
Pague Menos investe em vendas digitais

Pague Menos investe em vendas digitais

A rede de farmácias quer aumentar de 7,4% para 10% até 2022 a fatia de e-commerce

A rede de farmácias Pague Menos está investindo no e-commerce para aumentar a parcela de vendas online em 2022 para 10%. Além disso, a empresa acaba de anunciar a compra da Extrafarma, do Grupo Ultra. Com isso, a Pague Menos se consolida como o segundo maior nome do setor, atrás apenas da DPSP (Drogaria São Paulo/Pacheco). 

Leia Mais...

EIRELI: fim da modalidade no Brasil

As empresas enquadradas na modalidade se tornarão Sociedade Limitada Unipessoal (SLU)

O enquadramento de Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI) foi extinto de acordo com com a Lei 14.195/21. As empresas que se enquadravam na modalidade serão transformadas em Sociedade Limitada Unipessoal (SLU).

Leia Mais...

Desoneração da folha: PL pode prorrogar o prazo para 2026

O Projeto de Lei 2541/2021 deve ser votado em 15 de setembro

A desoneração da folha de pagamento de alguns setores produtivos brasileiros terminaria em dezembro deste ano. Entretanto, o Projeto de Lei 2541/2021 pretende aumentar o prazo para 2026. A votação está prevista para o dia 15 setembro pela Comissão de Finanças e Tributação da Câmara (CFT). Ao todo, 17 setores devem ser impactados.

Leia Mais...
en_USEnglish